Democracia e a sociedade de bem-estar social

Economia

Todos os trabalhadores que recebem valor acima da dedução mínima anual são obrigados a pagar imposto sobre a renda da pessoa física / imposto sobre o rendimento de pessoas singulares. A maior parte do imposto de renda é destinada ao município em que o trabalhador reside, o restante é destinado à província e ao Estado. As pessoas que recebem aposentadoria por idade / pensão por velhice e aquelas que recebem salário-desemprego / subsídio de desemprego ou outros benefícios também pagam imposto de renda. As pessoas jurídicas / coletivas costumam pagar impostos diretamente ao Estado.

Além do imposto de renda, paga-se ao Estado também um imposto por grande parte das mercadorias e serviços comprados, chamado “merverdiavgift”, abreviadamente mva. ou moms (Imposto sobre Valor Agregado – IVA). A alíquota normal do IVA é de 25%, mas há outras alíquotas, como a alíquota para alimentos de 15%. O imposto IVA é uma importante fonte de renda para o Estado e representa mais de 20% da sua receita total.

Uma das condições para que o sistema de bem-estar social da Noruega funcione adequadamente é a de que a maior parte dos cidadãos estejam inseridos no mercado de trabalho e contribuam para o sistema, pagando impostos, uma vez que a receita do Estado deve ser maior que suas próprias despesas – que incluem, por exemplo, a gestão dos hospitais em nível nacional e a maioria dos demais benefícios sociais em nível municipal.

Rendimentos do Estado (974 mil milhões de coroas)

Rendimentos dos Municípios (343 mil milhões de coroas)

Factos

Impostos e taxas

  • A sociedade norueguesa de bem-estar social é na sua maior parte financiada pelos impostos e taxas.
  • As receitas de impostos e taxas são absolutamente necessárias para que haja meios suficientes para a existência de benefícios sociais e para que a sociedade de bem-estar social funcione.