Democracia e a sociedade de bem-estar social

Desenvolvimento histórico

De assistência social à sociedade de bem-estar social

Suppeservering for vanføre, 1905, (Oslo Museum, fotograf: Anders Beer Wilse)

A sociedade de bem-estar social, tal como a conhecemos hoje na Noruega, é um sistema relativamente novo do ponto de vista histórico. Há 100 anos, o sistema utilizado no país era totalmente outro, chamado “Estado de assistência social”. Na época, somente os mais fracos e necessitados podiam recorrer ao Estado para receber assistência e havia grandes diferenças de um lugar para o outro.

Gradativamente, mais e mais benefícios sociais foram sendo implementados no país. Alguns dos benefícios que temos hoje já eram usufruídos antes da Segunda Guerra Mundial (1940-1945), mas a maioria deles foram implementados ou aprimorados desde então. Muitos desses benefícios conquistados são o resultado da luta incansável dos trabalhadores.

De todos os benefícios, o benefício com tradição mais longa na Noruega é o de ensino gratuito, usufruído por todas as crianças no país desde 1739!

Nos últimos 60-70 anos, há uma visão política relativamente ampla de que a responsabilidade pelo bem-estar social da população cabe ao Estado.

Slumsøster hos den syke, 1908 Arbeidsstue for barn, ca 1920 Frelsesarmeens suppekjøkken for uteliggere, 1920 Kø ved Christiania Dampkjøkken, 1903 Arbeidsstue for barn (1920)

Factos

História Desenvolvimento

  • 1909: lei do seguro por doença
  • 1915: lei sobre horários de trabalho(máximo de 10 horas por dia e 54 horas por semana)
  • 1935: lei do subsídio de desemprego
  • 1937: lei de protecção do trabalhador (direito, entre outros, de 9 dias de férias pagos)
  • 1946: lei do abono de família para filhos é introduzida
  • 1956: subsídio por doença para todos
  • 1957: subsídio/pensão por acidente/doença de trabalho e pensão por velhice
  • 1960: pensão por invalidez
  • 1965: subsídio para mães e viúvas
  • 1967: lei da segurança social