Diversos serviços públicos com os quais o emigrante irá estar em contacto

Diversos serviços públicos com os quais o emigrante irá estar em contacto

Um recém-chegado à Noruega depara com diferentes serviços públicos como por exemplo o Registo Civil, a administração de Jardins Infantis, os Centro de Saúde, os departamentos de Finanças e o Serviço de Emprego e Protecção Social. Vamos conhecer alguns destes. É importante conhecer as funções desses serviços e onde os encontramos. Pode-se contactar com os serviços públicos pessoalmente ou também através da Internet. Nos portais encontra-se formulários e informações sobre os responsáveis desses servoços. Todos os Municípios têm um portal com informação para os seus habitantes.   Serviços de Finanças Os Serviços de Finanças têm a responsabilidade pela cobrança de impostos e taxas. Neste serviço obtem-se o cartão de impostos. Este cartão é exigido quando trabalha ou tiver rendimentos tributáveis. Na generalidade os Serviços de Finanças podem ser feitas através da Internet. O Registo Civil O Registo Civil faz parte dos Serviços de Finanças. É um cadastro público para todos os que residem ou residiram na Noruega. Alterações de endereço têm que ser notificadas ao Registo Civil num prazo de oito dias após a mudança. Esta notificação pode ser feita pela internet. É também da responsabilidade do Registo Civil alterações de nome ou apelido, atribuição de número de identificação pessoal e o chamado número D. Para assuntos de casamento dirige-se também ao Registo Civil.   NAV (Serviços de Emprego e Protecção Social) NAV é um escritório público responsável por serviços como: Nav har blant annet ansvar for:

  • subsídio para crianças
  • apoio monetário para crianças
  • subsídio por doença
  • subsídio de desemprego
  • pensão por invalidez
  • pensão

NAV oferece também serviços aos desempregados. Pessoas desempregadas frequentam programas de treinamento pagas pela NAV com o objectivo de arranjarem trabalho.   Direito a intérprete Poderá haver necessidade de uso de intérprete antes que o emigrante tenha aprendido a língua norueguêsa. É um dever dos funcionários de serviços públicos como Serviços de Emprego e Protecção Social, a Polícia, os Serviços de Saúde, garantir que informações e orientações dadas sejam compreendidas. Por isso, o emigrante tem direito a intérprete e este é pago pelos serviços públicos.